Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Blocaus conquista 16º Prêmio Expressão de Ecologia

Construção Sustentável, Inovação, Mercado da Construção, Novas Tecnologias, Sobre Concreto 30 de setembro de 2008

Com o case “Bloco Verde: reaproveitamento de resíduos da construção civil e de conchas de ostras e mariscos”, empresa foi vencedora na categoria Inovação Tecnológica

Créditos: Engº. Carlos Gustavo Marcondes – Assessor Técnico Comercial Itambé

A edição de 2008 teve o recorde histórico de 164 projetos participantes, a maior marca de inscrições em uma única edição dos 16 anos de existência do prêmio, que surgiu em 1993, um ano após a Rio Eco-92, e consolidou-se ao longo dos anos como a maior premiação ambiental da região Sul. Prova que o sucesso da premiação é um reflexo do aumento da consciência do setor produtivo sulista, que cada vez mais está inserindo a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável entre os seus objetivos estratégicos.

Os cases vencedores do 16º Prêmio Expressão de Ecologia serão retratados no Anuário Expressão de Ecologia 2008. Essa tradicional edição de ecologia estará em circulação a partir do mês de novembro e irá apresentar um panorama completo sobre as iniciativas em prol do meio ambiente na região Sul e os atuais debates acerca da questão ambiental. Os vencedores serão homenageados em cerimônia de premiação, a ser realizada em novembro.

Para o engenheiro Luiz Francisco Marcondes, diretor comercial da Blocaus e coordenador do projeto vencedor, este prêmio é o resultado de um amplo trabalho que vem sendo desenvolvido há praticamente 10 anos. Segundo ele, esta premiação foi de grande importância para o reconhecimento do trabalho elaborado pela engenheira ambiental e pesquisadora Bernadete Batalha Batista. “Até agora conquistamos oito premiações, mas nossa meta é adquirir o selo Green Building, do LEED, que é a principal certificação mundial presente nos cinco continentes e que atesta construções dentro dos padrões sustentáveis”, comenta Francisco.

O trabalho consiste na substituição de parte dos materiais componentes do concreto usado para confecção de blocos por materiais considerados passivos ambientais, tais como cascas de ostras e mariscos, pó de porcelanato, pó de vidro e de mármore, além de entulho da construção civil.

Do ponto de vista ecológico, o novo bloco oferece inúmeras vantagens: destino ambientalmente correto a materiais potencialmente poluentes, redução do uso de materiais componentes do concreto, em especial cimento e areia, sendo que a construção fica mais durável, reduzindo assim o número de demolições e reconstruções, resultando ganho energético e diminuição de poluição durante o uso em serviço das moradias.

Parabéns a Blocaus Pré-fabricados por mais esta conquista!

Para saber mais entre em contato direto com a Blocaus pelo telefone (48) 3243-3444

Jornalista Responsável: Rosemeri Ribeiro Mtb. 2696



Tags:
Leia também: