Em 2014, construtoras passaram a reclamar intensamente de atrasos no repasse de recursos do Minha Casa, Minha Vida