Cimento Itambé

Portal Itambé
Ligue-nos

Aeromóvel de Porto Alegre tem previsão de ficar pronto em 2012

Inovação, Obras Inovadoras 28 de setembro de 2011

Obra vai consumir 2.600 m³ de concreto e trem vai circular sobre pilares e vigas de pré-moldado que pesam até 80 toneladas

Por: Altair Santos

Atualmente, uma das principais obras em andamento em Porto Alegre – prevista no cronograma de mobilidade para a Copa do Mundo de 2014 – é a construção do aeromóvel. O veículo sobre trilhos irá percorrer um trecho de 998 metros, fazendo a ligação entre o aeroporto internacional Salgado Filho e a estação de metrô mais próxima do complexo aéreo da capital gaúcha.

Etapa de estaqueamento já começou e 48 pilares produzidos pela Premold vão sustentar o aeromóvel

Trata-se de uma engenharia meticulosa, já que envolve a fabricação e o transporte de grandes peças de concreto pré-moldado. Os 48 pilares, cada um pesando 12 toneladas e medindo 15 metros, serão transportados da fábrica Premold, em Sapucaia do Sul – distante 20 quilômetros de Porto Alegre – até o local da construção, enquanto outras 48 vigas, cada uma pesando 80 toneladas, serão fabricadas no próprio canteiro de obras do aeromóvel.

Segundo o engenheiro Amilton Ribeiro, gerente de fiscalização da ETM Integradora de Serviços de Engenharia Ltda., empresa que lidera o consórcio do empreendimento, a construção do aeromóvel vai envolver 2.600 m³ de concreto. “As peças maiores são as que comportarão o duto de propulsão e os trilhos de rodagem do veículo”, explica. A expectativa é de que o aeromóvel seja inaugurado no primeiro semestre de 2012.

Os trens que irão circular sobre a estrutura em pré-moldado não utilizam a tecnologia MagLev, mas sim um sistema de propulsão pneumático. O ar é soprado por ventiladores industriais de alta eficiência energética, por meio de um duto localizado dentro da via elevada. O vento empurra uma aleta (semelhante a uma vela de barco) fixada por uma haste ao veículo, que se movimenta sobre rodas de aço em trilhos. “Para nós é um projeto inédito”, explica Amilton Ribeiro.

Atualmente 90 pessoas trabalham na construção do aeromóvel. Segundo relatório de fiscalização da Trensurb (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S/A) de setembro de 2011, a obra está com 36% de sua execução concluída. A fase atual é de instalação de 204 estacas para receber os pilares, e também de montagem das formas das vigas que serão fabricadas “in loco”.

Simultaneamente, o canteiro de obras já recebeu 20,9 toneladas de trilhos ferroviários, por onde os trens irão percorrer. Além disso, os dois veículos – um com capacidade para 150 passageiros, outro para 300 – estavam com 29% de seus projetos concluídos até setembro de 2011. A empresa responsável pela fabricação do aeromóvel é a T’Trans Sistemas de Transportes S.A. O custo total do empreendimento está estimado em R$ 29.877.9
57,31.

Formas para produzir as vigas no local da obra. Cada peça vai pesar até 80 toneladas.

Traçado do aeromóvel, que vai ligar o aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, ao metrô da cidade, terá 998 metros

Animação do aeromóvel de Porto Alegre: http://vimeo.com/14681034

Entrevistado
Trensurb (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S/A)
Contato

kaue.menezes@trensurb.gov.br (assessoria de imprensa)
http://www.aeromovel.com.br
http://www.trensurb.gov.br
Twitter: @Trensurb

Créditos Fotos: Divulgação/Trensurb

Jornalista responsável: Altair Santos – MTB 2330


Tags:
Leia também: