Paulo Henrique Fabbriani, vice-presidente da Ademi: “Indústria da construção civil não pode atropelar etapas”